Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Projeto de sustentabilidade leva consciência ambiental para Escola Estadual Santa Maria

Por: Thiago Soeiro - 06/07/2017 - 17:12

Foto: Foto: Patrick Trindade

A consciência ambiental deve ser estimulada desde cedo nas pessoas. Essa é a ideia que a diretora da Escola Estadual Santa Maria, no bairro Cabralzinho, Maria Aparecida, tenta levar aos 360 alunos, que atende no ensino fundamental I.

A escola tem se tornado um exemplo de educação ambiental, desenvolvendo diversos projetos voltados para a área.

O trabalho ganhou força, quando a estudante, Aira Beatriz, 17 anos, aluna do 3º anos de uma escola da rede privada, trouxe para a escola um projeto de lixeiras sustentáveis. A iniciativa faz parte de um projeto pensando e desenvolvido pela jovem com ajuda de duas orientadoras, visando estimular a consciência ambiental.

“A escola acolheu o meu projeto e agora completando um ano, podemos ver como os resultados são positivos, e como conseguimos envolver toda a comunidade escolar”, destaca Aira.

As lixeiras que feitas de tubos de papelão e lonas de vinil, materiais usados por gráficas e que normalmente vão parar no lixo, começaram a fazer parte da escola.  Junto a este trabalho, a aluna e suas orientadoras começaram a desenvolver dentro da escola, na disciplina de projetos, oficinas e palestras de educação ambiental e a importância de se pensar sustentavelmente.

“A escola já tinha outros projetos, mas nas palestras podemos mostrar aos alunos como fazer reaproveitamento do lixo de sala de aula, e mostrar as consequências de se descartar o lixo erradamente”, ressalta a estudante.

A diretora Maria Aparecida, conta que a escola já desenvolvia os projetos Convida e lixo zero, onde os alunos aprendem a importância de ser responsável pelo seu próprio lixo e os locais exatos para descartar cada tipo de resíduo. “Os alunos são pequenos multiplicadores do que aprendem na escola, estamos formando cidadãos conscientes dos seus atos e pensando no mundo que o cerca”, afirma a hdiretora.

Ela ressaltou ainda que com o projeto da lixeira sustentável, as aulas e oficinas despertou a criatividade dos alunos e uma aluna acabou criando iniciativas de coletar o lixo. Os alunos observaram que quando apontavam o lápis as aparas ficavam pelo chão, e então criaram a lixeirinha educativa, onde cada sala possui uma, que é feita também de material reciclado e eles usam em rodizio.

“A ideia foi da nossa ex aluna Alana Rayssa, que está no fundamental II, mas deixou seu legado aqui, com essa ideia que  levará o seu nome, e servirá de estimulo para outros alunos”, frisa Maria Aparecida.