Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Secretária de Educação do Amapá é eleita vice-presidente do Consed

Por: Minália Trugillo - 17/02/2017 - 11:28

Foto: Consed

A secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, foi eleita a vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). A decisão foi anunciada na quinta-feira, 16, durante o Fórum de Secretários, que ocorre em Brasília até hoje, dia 17.

O secretário de Educação do Ceará, Idilvan Alencar, foi escolhido presidente do Consed para o biênio 2017-2018. A secretária Cecília Amendola Motta (MS) foi escolhida primeira vice-presidente pela região Centro-Oeste, Fred Amancio (PE) será o segundo vice, pela região Nordeste, Haroldo Corrêa (ES) o terceiro, pelo Sudeste, Goreth Souza (AP), a quarta, pela região Norte, e Eduardo Deschamps (SC), o quinto, pela região Sul. A definição dos vice-presidentes foi consensual, assim como a escolha para o Conselho Fiscal.

A secretária Goreth Sousa declara que ser eleita vice-presidente da região Norte aumenta sua responsabilidade com a educação. “Vou trabalhar arduamente para atender às expectativas, especialmente da região amazônica, atuando para mudarmos o atual cenário da educação no nosso País”.

O novo presidente, Idilvan Alencar, agradeceu a confiança dos secretários que acreditaram no seu nome. “Eu tenho a exata dimensão dessa responsabilidade. Ser presidente do Consed no momento da reforma do Ensino Médio exige do presidente muito diálogo. Tem questões específicas de cada estado que é preciso considerar, então, é dessa forma que eu pretendo conduzir a presidência”, pontuou o secretário.

Idilvan também falou que a palavra de ordem da sua gestão será “cooperação”.  “Quero levar adiante a ideia de cooperação entre os estados, principalmente no desafio de implantar a reforma do Ensino Médio”.

O Consed tem por missão atuar de forma propositiva frente às políticas públicas do Brasil para promover a melhoria da qualidade da educação básica pública e universal, através da integração, articulação e mobilização das secretarias estaduais de educação dos estados e do Distrito Federal, junto aos órgãos consultivos, deliberativos e instituições.